Como gerenciar dentro do sistema fiscal mais de 1 anexo quando a empresa é tributada pelo regime do simples nacional?

Postado em 23/01/2018



O controle do regime tributário do simples nacional ocorre pelo histórico da empresa. Os anexos do simples nacional são:

Anexo 1: Comércio, Anexo 2: Indústria, Anexo 3: Serviços,  Anexo 4: Serviços em Geral, Anexo 5: Outros Serviços.

 

Para configurar os anexos acesse: “Arquivos / Histórico da empresa” e configure as seguintes opções:

-Simples Federal: Escolher entre as opções: ME, EPP ou não optante;

-Simples Estadual: Escolher entre as opções: ME, EPP A – B ou não optante;

-Simples Nacional: Escolher entre as opções: ME, EPP ou MEI;

 

-Apuração do ICMS: Para informar ao sistema que a empresa pertence ao Anexo 1 Comércio basta selecionar como “ME” ou qualquer outra opção diferente de “não optante”.

-Apuração do IPI: Para informar ao sistema que a empresa pertence ao Anexo 2 Indústria basta selecionar como “Mensal”.

-Apuração do ISS: Para informar ao sistema que a empresa pertence aos anexos 3, 4 e/ou 5 basta selecionar como “Sim”.

-Tributação do Lucro: Selecionar o regime tributário como “Simples nacional”.

-Simples Nacional de Serviços: Selecionar qual o anexo de serviços que a empresa pertence: Anexo 3 somente, Anexo 4 somente ou Anexo 5 somente ou “mais de um anexo”*.

Observação: Quando selecionar a opção “Mais de um tipo de serviço” será necessário que no lançamento da nota fiscal de serviço o usuário digite a base de tributação que indique qual anexo pertence.


Suporte > Sistemas Contábeis > Escrita Fiscal > Simples Nacional > Como gerenciar dentro do sistema fiscal mais de 1 anexo quando a empresa é tributada pelo regime do simples nacional?